Jesus "O Caminho, A Verdade E A Vida"

Jesus "O Caminho, A Verdade E A Vida"

A Ascensão de Jesus Aos Céus

A Ascensão de Jesus Aos Céus
Anjos Anunciam A Ascensão do Senhor Jesus Cristo Aos Céus

A Ressurreição de Jesus

A Ascensão de Jesus

Para o consenso da maioria dos cristãos, a doutrina da Ascensão afirma que o corpo de Jesus de Nazaré, depois de quarenta dias da sua Ressurreição, na presença das testemunhas dos apóstolos, ascendeu aos céus onde se encontrou na presença de Deus Pai, não só em espírito, mas também em sua pessoa humana (corpo e alma). A documentação histórica é narrada nos evangelhos de Marcos 16:19, Lucas 24:50-51, Atos 1:9-11, e Efésio 4:7-13. Este acontecimento é afirmado pela liturgia cristã, no Credo apostólico e no Credo de Nicéia.

As Promessas de Jesus Nosso Senhor

As Promessas de Jesus Nosso Senhor
As Promessas de Jesus Para Conosco

O Amor de Jesus Por Nós!!!

O Amor de Jesus Por Nós!!!

A Ascensão de Jesus aos Céus

Adonai O Senhor Altíssimo

Adonai O Senhor Altíssimo
Yeshua Jesus Cristo O Salvador

A Criação do Universo

A Criação do Universo

*** A Vinda do Filho do Homem ***

The Teacher III (vocal)

A Ressurreição de Jesus Ao Terceiro Dia


Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, os discípulos estavam reunidos, com as portas fechadas por medo dos judeus. Jesus entrou e pôs-se no meio deles. Disse: "A Paz Esteja Convosco". Dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos, então, se Alegraram por Verem o Senhor. Jesus Assim Disse, de Novo: "A Paz Esteja Convosco.

Como O Pai Me Enviou Também Eu Vos Envio".
 Então, Soprou Sobre eles e Falou: "Recebei o Espírito Santo.
A quem Perdoardes os pecados, Serão Perdoados; a quem os retiverdes, lhes serão retidos". Tomé, chamado Gêmeo, que era um dos doze, não estava com eles quando Jesus Veio. Os outros discípulos contaram-lhe: "Nós Vimos o Senhor!" Mas Tomé disse: "Se eu não ver a marca dos pregos em Suas Mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos, se eu não puser a mão no Seu Lado, não acreditarei". Oito dias depois, os discípulos encontravam-se reunidos na casa, e Tomé estava com eles. Estando as portas fechadas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: "A Paz Esteja Convosco". Depois disse a Tomé: Ponha o seu dedo aquí e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado e não sejas incrédulo, mas Crê!"  Tomé respondeu:

"Meu Senhor e Meu Deus!" Jesus lhe disse:
"Creste Porque Me Viste?

Bem-aventurados os que não viram, e creram!" Jesus fez diante dos discípulos muitos outros Sinais, que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, O Filho de Deus, e para que, Crendo, Tenhais A Vida em Seu Nome. Evangelho: João 20, 19-31








A Ressurreição de Cristo Jesus

***  A Aparição de Jesus Aos Discípulos
Jesus aparece entre os discípulos reunidos, estando eles com as portas fechadas e Anuncia-lhes a Paz e mostra-lhes as Chagas. Os discípulos estão com as portas fechadas por medo dos judeus. Esta é a situação da Comunidade de João, perseguida pelos judeus, os quais recusavam os membros da comunidade, até mesmo, denunciavam, por subversão, aos romanos. O Ressuscitado Liberta a Comunidade do medo e lhes Traz a Alegria, pondo-Se no meio deles, Jesus mostra as Chagas das Mãos e a do Lado, é a Identificação de Jesus de Nazaré Com o Servo Sofredor de Isaias 53.

O Cristo Ressuscitado é o Jesus Crucificado.

O Ressuscitado é O Mesmo que Fora Crucificado: “Mostrou-lhes as Mãos e o Lado”. Ele Tem Agora a Humanidade Divinizada com os Sinais de Sua Paixão e Morte. Jesus, nesse momento de Sua Aparição, Dá a Paz, Repouso em Deus,. A Presença do Ressuscitado entre os Discípulos é a Criação da Nova Comunidade com Jesus em Seu Centro. Tomé, que duvidara do Testemunho dos Apóstolos, ao tocar Suas Chagas, faz a Maior Confissão de Fé que se espera do discípulo:
*** Meu Senhor e Meu Deus”. *** 
Jesus comunica aos discípulos a Paz e Sopra Sobre eles O Espírito.
Duas vezes Jesus apareceu quando eles estavam reunidos, em comunidade. Nas duas vezes o Senhor Ressuscitado ofereceu A Sua Paz e Soprou sobre eles o Espírito Santo, dando-lhes Poder
para Perdoar ou reter os pecados. O Espírito Santo é Quem age em nós e nos traz a Paz de Jesus. É Ele Quem nos motiva ao Perdão, à Reconciliação e nos Ilumina para que Acreditemos que Jesus Ressuscitou. “Não sejas incrédulo, mas fiel”, disse Jesus a Tomé. Jesus veio nos trazer a Paz, veio nos dar a Sua Paz e o Seu Espírito Santo. “Soprou sobre eles e disse: Recebei o Espírito Santo” (Jo 20,22). Soprar Significa Dar O Dom da Vida Nova, como fora dado a Adão (Gn 2.7), "O Sopro de Vida, A Vida é Dom de Deus



Tomé quer ver e tocar.

Oito dias depois, Jesus volta ao meio deles, agora com a presença de Tomé, vendo e ouvindo Jesus, sem tocá-lo, Tomé faz sua confissão de fé como vimos acima, mas ao duvidar ele, motivou o pronunciamento de Jesus sobre a Bem-Aventurança dos que Crêem sem ver. As narrativas das aparições do Ressuscitado são provas da continuidade de Jesus Vivo em nosso meio, porém para crer na presença d'Ele entre nós não são necessárias aparições.

Assim como nos diz o Apostolo Pedro:
Por isso, vocês devem alegrar-se, mesmo que agora, se necessário, fiquem tristes por um pouco de tempo, devido às várias provações. Desse modo, a Fé que vocês têm será Provada como o ouro que passa pelo fogo. O ouro vai desaparecer, mas a fé que vocês têm, e que vale muito mais, não se perderá, até o dia da Revelação de Jesus Cristo. Então, por essa Fé, vocês receberão Louvor, Glória e Honra. Vocês nunca viram Jesus e, apesar disso, O Amam; não O Vêem, mas acreditam. E por isso sentem alegria extraordinária e gloriosa, porque alcançam a meta da Fé, que é a Salvação de Vocês. (1Pd 1,6-9)

Jesus Continua Vivo Entre Nós
A fé em Jesus de Nazaré Ressuscitado, que continua vivo entre nós, leva-nos a reconhecer a Sua presença nos sinais de vida e do amor que se manifesta nas inúmeras e diversas comunidades cristãs que se reúne para a celebração da palavra e a partilha do pão , nas mais diversas manifestações culturais dos tempos atuais, em cada criança que nasce, na semente que germina, da frutos e novas sementes. Assim, quando assumimos nossa fé, somos movidos pela solidariedade que induz à paz e à Vida, o que nos faz superar as situações de morte promovidas pelos impérios da fome, pobreza, miséria e as guerras que assolam os seres humanos: filhos e filhas de Deus. É preciso que todos nós, Cristãos, Ressuscitemos com Jesus e, juntos, possamos devolver aos seres humanos e ao planeta a dignidade da vida plena e abundante que Deus quer e deseja para cada um de nós.
Pe. Jeová de Jesus Morais Pároco de Uruará - Pará
Prelazia do Xingu.







A Ressurreição de Jesus Cristo Ao Terceiro Dia de Sua Crucificação e Morte


Tres Dias Depois de Sua Morte Ressurgiu dos Mortos
E Depois de Quarenta Dias Subiu Ao Reino Dos Céus...

Aliviái-nos Oh Senhor!!!





** Aliviái-nos Oh Senhor **
Aliviái-nos...Oh “Senhor”...
Pois as batalhas são constantes...
São muitas pedras, abrolhos e espinhos...
E Sabemos que que ainda é longa a Caminhada...
A ser percorrida nesta Vereda Comprida...
Sempre há provacões, necessidades, privações...
Que a Vida nos tráz, quase nos aniquilando...
E como diz o velho ditado...
O “Senhor” não nos dá Chuva...
Maior que nosso capote possa Suportar...
Jamais seremos derrotados...
Sabendo discernir o Certo do errado...
Não devemos perder a Esperança...
A “Força Maior” que a Todos Conduz...
Sendo a Paciência a nossa Única Sentença...
Prá navegar neste comprido caminho...
Em busca da “Eterna Luz da Consciência...
Suportamos pedras, abrolhos, espinhos..
jc.

A Maior das Maiores Faculdades é A Própria Vida...
A Vida nos leva a um aprendizado constante e sem fim...
É o Aprimoramento de Todo Conhecimento humano.
Estamos aqui para Aprender!!! Vivendo e Aprendendo a Viver
E ainda morremos sem nada Saber Sobre A Verdade Absoluta...
A Razão da Existência e do Poder Maior...O Amor...Por isso
Amem Incondicionalmente...Amem!!!
Como "ELE" nos Amou Primeiro





Cristianismo É Amor Ao Próximo


O Cristianismo prega o Amor a Deus e ao Próximo como o seu fundamento espiritual. De facto estas atitudes não constituem dois mandamentos separados (1º a Deus e 2º  ao próximo), mas sim um só em que nenhuma das partes pode ser excluída. A Salvação Espiritual é oferecida gratuitamente a quem deseja aceitá-la buscando a Deus Na Figura de Seu Filho Jesus Cristo e que a Busca de Deus é Uma Experiência Transformadora da natureza humana. Podemos considerar três períodos que definem a concepção e filosofia do Cristianismo: Cristianismo primitivo: caracterizado por uma heterogeneidade de concepções; Patrística: ocorrida no período entre os Séculos II  e VIII, com a transformação da nova religião em uma Igreja oficial do Império Romano fundada por Constantino e a formação de um clero institucionalizado, e cujo doutrinário expoente foi Santo Agostinho; Escolástica: a partir do Século VIII e cujo expoente foi São Tomás de Aquino, que afirmou que Fé e Razão podem ser conciliadas, sendo a Razão um meio de entender a Fé. A partir do protestantismo, é necessário fazer uma diferenciação entre a história e concepção da Igreja Católica e das diversas Denominações Evangélicas que se formaram




.

 




*************************************************************************************


** Os Dez Mandamentos Veja: **
https://sites.google.com/site/osmensageirosdoamorcristojesus/os-dez-mandamentos

A Palavra do Senhor é Eficaz


Se, pois, "Ele" Repete: Não entrarão Em Meu Descanso [cf. Sl 94,11], é sinal de que outros são Chamados a Entrar nele. E como aqueles a quem primeiro foi Anunciada a Promessa não entraram por não Ter Tido a Fé, Deus, após muitos anos, por meio de Davi, estabelece Um Novo Dia, um Hoje, ao pronunciar as palavras mencionadas: Hoje, se ouvirdes a Sua Voz, não endureçais os vossos corações. Se Josué lhes houvesse dado repouso, não teria depois disso falado dum outro dia. Por isso, Resta um Repouso Sabático para o Povo de Deus. E quem Entrar Nesse Repouso Descansará das Suas Obras, assim como Descansou Deus das Suas. Assim, apressemo-nos a Entrar Neste Descanso para não cairmos por nossa vez na mesma incredulidade. Porque a Palavra de Deus é Viva, Eficaz, mais Penetrante do que Uma Espada de dois gumes e atinge até a Divisão da Alma e do Corpo, das juntas e medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração” (Hebreus 4,5-12)


A Ressurreição do Senhor é Fundamento de Nossa Fé, pois atesta de modo Incontestável Que Deus  Interferiu na História Humana para Salvar os Homens.

** Vídeos de Jesus Cristo **
http://www.youtube.com/user/JCBand777
 




“Ao Terceiro Dia" (de Sua morte), Jesus Ressuscitou para uma Vida Nova. Sua Alma e Seu Corpo, Plenamente Transfigurados com a Glória de Sua Pessoa Divina, Voltaram a se Unir. A Alma Assumiu de novo o Corpo e a Glória de Sua Alma se comunicou totalmente ao corpo. Por este motivo, “A Ressurreição de Cristo não foi um regresso à vida terrena. O Seu Corpo Ressuscitado é Aquele que foi Crucificado e apresenta os vestígios da Sua Paixão, mas é Doravante Participante da Vida Divina Com as Propriedades de Um Corpo Glorioso".

A Ressurreição do Senhor é Fundamento de nossa fé, pois atesta de modo Incontestável que Deus interferiu na história humana para Salvar os homens. E garante a Verdade do que prega a Igreja sobre Deus, sobre a Divindade de Cristo e a Salvação dos homens. Pelo contrário, como diz Paulo, “Se Cristo não Ressuscitou, vã é nossa Fé" (1 Cor 15, 17). Os Apóstolos não podiam enganar-se nem ter inventado a Ressurreição. Em primeiro lugar, se o Sepulcro de Cristo não estivesse vazio, não poderiam ter falado da Ressurreição de Jesus; além disso, se o Senhor não lhes tivesse aparecido, em várias ocasiões e a numerosos grupos de pessoas, homens e mulheres, muitos dos discípulos de Cristo não teriam podido aceitá-la, como ocorreu inicialmente com o apóstolo Tomé. Muito menos teriam podido eles dar sua vida por uma mentira. Como diz Paulo: “E Se Cristo Não Tivesse Ressuscitado seríamos convencidos de ser falsas testemunhas de Deus, por termos dado Testemunho Contra Deus, afirmando que Ele Ressuscitou a Cristo, Ao Qual Não Ressuscitou" (1 Cor 15, 14.15). E quando as autoridades judias queriam silenciar a Pregação do Evangelho, Pedro respondeu: “Há Que Obedecer a Deus antes que aos homens. O Deus de nossos pais Ressuscitou a Jesus a Quem vós destes a morte, suspendendo-O num madeiro. Nós Somos Testemunhos Destas Coisas" ( At 5, 29-30.32).

Além de ser um evento histórico, verificado e testemunhado mediante sinais e testemunhos, a Ressurreição de Cristo é um Acontecimento Transcendente Porque “Ultrapassa a História Como Mistério da Fé, enquanto Implica a Entrada da Humanidade de Cristo na Glória de Deus" . Por este Motivo, Jesus Ressuscitado, embora Possuindo Uma Verdadeira Identidade Físico-Corpórea, não está submetido às leis físicas terrenas, e se sujeita a elas só enquanto o deseja: “Jesus Ressuscitado é Soberanamente Livre de Aparecer aos Seus discípulos como Ele quer, onde Ele quer e sob aspectos diversos". A Ressurreição de Cristo é um Mistério de Salvação. Mostra a Bondade e o Amor de Deus, que recompensa a humilhação de Seu Filho, e que emprega Sua Onipotência para encher de Vida os homens. Jesus Ressuscitado possui, em sua humanidade, a Plenitude da Vida Divina, para Comunicá-la aos homens. “O Ressuscitado, Vencedor do pecado e da morte, é o princípio da Nossa Justificação e da Nossa Ressurreição: a partir de agora, Ele garante-nos a Graça da Adoção Filial que é a Participação Real na Sua Vida de Filho Unigênito; depois, no final dos tempos, Ele Ressuscitará o Nosso Corpo" . Cristo é o Primogênito entre os mortos e todos Ressuscitaremos por Ele e n’Ele.



* Jesus Fala a Nicodemos *